O ciclo de morte de uma instituição religiosa, se inicia com a perda do foco em sua missão e a diminuição das conversões, discipulados e batismos, soma-se à evasão de jovens, aumento da idade média da membresia, muitas justificativas pela liderança culpando o inimigo, nenhuma ação contrária para reverter, novas evasões de pessoas de meia idade, mais envelhecimento da membresia, impacto nas receitas da igreja, redução de gastos e investimentos, mais aperto financeiro, diminuição por mortalidade, poucas pessoas em atividade profissional permanecem, muitos aposentados, dificuldade de caixa e assim o fim se aproxima, alimentado de forma  cíclica em um esvaimento longo e contínuo, lento e imperceptível para olhos cegados pela letargia do envelhecimento das ideias e ilusoriamente renovadas a cada tempo por novas justificativas.

O ciclo é longo, mas na atualidade chega muito antes que se possa reagir.

PR. Eroni Fernandes

#igrejas morrem #igreja e religião #igreja pode morrer #como uma igreja morre? #líderes que matam igrejas

Posted by:Eroni Fernandes

Empresário, Pastor, defensor de uma igreja MENOS INSTITUIÇÃO e mais IGREJA DE VERDADE, relevante, focada na missão e com dedicação à sua razão de existir: Evangelizar e levar paz, alívio e salvação ao seu redor, expandindo na sua redondeza e alcançando o mundo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s