A mistura maligna de prosperidade com igreja e fé é a pior brincadeira de mau gosto que inventaram para enganar pessoas e tirar dinheiro de fiéis incautos!

Primeiro que prosperidade não pode ser confundido com riqueza, porque existem pobres prósperos e ricos que não são, porque prosperar tem a ver com crescer, melhorar, ir para frente, não só financeiramente, mas em outras áreas da vida, ou seja, prosperidade é o progresso que produz também contentamento, paz e seus frutos!

O uso de prosperidade como atrativo de qualquer igreja é sublimação do evangelho e inferiorização de Deus, tentando reduzi-lo de Senhor todo poderoso para um simples cumpridor de ordens e desejos dos seus fiéis, o que no mínimo é ridículo, biblicamente falando.

Se isso não bastasse, aparece ainda o troca troca com Deus, o dar para receber, que é um pinçamento de parcialidades bíblicas para usar como argumento de engano com o objetivo obscuro de tirar dinheiro dos incautos, transitar pelo caixa da igreja e ser usado no conforto, poder e status de líderes que usam o dinheiro suor dos pobres e a aposentadorias das viúvas para sustentar seus jatinhos de milhões de dólares ou em menor escala, seus carros e posições de poder e luxo. Ocupam posição de líderes cristãos mas podem muito facilmente estarem servindo aos interesses do maligno para neutralizar o evangelho e manter o povo no engano.

Deus até pode e faz prosperar negócios e pessoas, mas jamais isso tem a ver com a missão de qualquer igreja. Esse não é o seu papel!

Toda e qualquer instituição religiosa que se volta total ou parcialmente para filosofias nessa linha, não merece o respeito como igreja evangélica, pois agindo assim deixaram de levar o evangelho verdadeiro, logo não o praticam e sim servem a um deus chamado dinheiro ou aos objetivos de um líder apaixonado por tudo que o dinheiro pode dar.

O evangelho verdadeiro combate o pecado e produz mudança de vida, não muda conta bancária em primeira mão, portanto, igreja que quer ser igreja precisa produzir frutos dignos do evangelho nas pessoas que a frequentam e que por consequência, e submissos ao querer de Deus, também possam ser pessoas prósperas, mas antes disso, serão pessoas salvas e felizes com Cristo.

Pr. Eroni Fernandes

Posted by:Eroni Fernandes

Empresário, Pastor, defensor de uma igreja MENOS INSTITUIÇÃO e mais IGREJA DE VERDADE, relevante, focada na missão e com dedicação à sua razão de existir: Evangelizar e levar paz, alívio e salvação ao seu redor, expandindo na sua redondeza e alcançando o mundo.

8 respostas para ‘Quer prosperar? Sirva a Deus na Igreja, mas vai trabalhar!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s