A língua portuguesa, assim como a grega, usa a mesma palavra com significado “Igreja” para denominar o templo, a própria instituição ou organização religiosa e também a igreja viva, real e verdadeira, causa muitos prejuízos e confusões de entendimento às pessoas mais leigas, que muitas vezes são apenas fidelizadas a uma denominação religiosa e não conhecem a Cristo de verdade, nem sabem o que é realmente pertencer ao Corpo de Cristo, vivem escravizadas a regulamentos denominacionais e não conhecem a verdadeira liberdade que há em Cristo.

Essa confusão é tão prejudicial que chega a extremos que muitas pessoas e denominações, crêm e vivem uma infame ilusão, como que o rol de seus membros pudesse ser uma cópia fiel do Livro da Vida.

Esclarecendo:

Igreja Organização: são as Denominações organizadas juridicamente, instituições religiosas com suas regras, estatutos, prédios, templos, placas denominacionais, diretoria, CNPJ,funcionários, hierarquia, etc. é uma forma de organizar o funcionamento da instituição religiosa e adequa-la às leis e regulamentos do país.

Igreja Organismo: É o conjunto dos discípulos de Cristo que o reconhecem como Senhor e salvador, seguem e vivem as doutrinas bíblicas e são testemunhas do evangelho, que em comunhão através de Cristo, formam a sua igreja viva, independente de pertencerem a esta ou aquela denominação religiosa, é universal, ou seja, não tem limite geográfico e também atemporal, pois é composta pelos salvos em Cristo a qualquer época.

No Brasil, o agigantamento de algumas instituições evangélicas tem levado as pessoas a confundir a organização como se ela fosse o próprio organismo e isso de forma consciente ou inconsciente, se dá muitas vezes com o consentimento ou permissividade da própria instituição, que pela sua sede de crescer e se fortalecer, essa confusão lhe é interessante e se olhada dessa forma, é a maior beneficiada com essa confusão por dar mais domínio sobre seus fiéis, acabando quase que “escravizando” as pessoas porque elevam a instituição ao um status que só pertente à Igreja real, como Corpo místico de Cristo.

O prejuízo da confusão:

A confusão, principalmente da instituição como sendo o organismo é fator de extremo prejuízo para a igreja verdadeira, porque a primeira é constituída e gerida por homens sujeitas a erros, podem ser atraídos pelo poder, pela ganância, cometer pecados e enfim, sujeita a ações humanas. Já a igreja organismo é formada pela figura da comunhão dos fiéis discípulos de Cristo que foram em comunhão, um só corpo como a Igreja do Senhor, logo se não se tiver a clareza da linha divisória pode-se concluir em determinadas situações que a Igreja verdadeira pode estar se corrompendo.

Essa confusão é extremamente maléfica para a Igreja como organismo porque ao se confundir com coisas de homens, a desqualifica “moralmente” a igreja como um todo, entristecendo pessoas, criando divisões, afastando outras e prestando um desserviço à pregação do evangelho, principalmente na atualidade quando as pessoas são extremamente seletivas com o que ouvem e com os lugares que frequentam e jamais se associam a instituições que tenha qualquer indicação de problemas dessa natureza, logo, essa situação é totalmente interessante aos opositores do evangelho, capitaneados lógico, pelo inimigo, e assim, muitas instituições, embora preguem o evangelho, indiretamente e inconscientemente podem estar servindo também aos interesses do maligno.

Isso é importante você saber sobre a igreja verdadeira, o Corpo de Cristo:

Não se divide, embora muitos renomados presidentes e dirigentes de instituições gigantescas usam a expressão”dividir o corpo do Senhor” quando alguém sai de seu meio e abre outra denominação. Isso não pode ser qualificado dessa forma é HERESIA DO MAIS ALTO GRAU, que usam como para defender os interesses de sua instituição.

Não tem diretoria nem presidente, tem apenas um dono: Cristo.

Não tem endereço único: está localizada em cada coração de quem com sinceridade serve a Cristo, independente do local e da instituição que frequentam.

Produz frutos: Um dos principais sinais de alguém que pertence a essa igreja são os frutos que produzem. São sal da terra e luz do mundo. Enquanto muitas instituições são insípidas, possuem dentro de sua membresia verdadeiros holofotes que nem sempre são visíveis para a instituição, mas são membros vitais do chamado corpo de Cristo;

Estar na organização não significa fazer parte do organismo: Essa é a mais prejudicial das confusões. Pessoas porque frequentam, são ministros, pastores e até presidentes em denominações acham que apenas isso lhes garante fazer parte da verdadeira igreja de Cristo. Instituição nenhuma podem garantir que a integralidade de seu rol de membros fazem parte da Igreja verdadeira, independente da função, tempo ou atividade que exerçam. É impossível que uma denominação religiosa faça seu rol de membros ser replicado totalmente no Livro da vida, por isso denominação é uma coisa e igreja é outra.

Poderíamos citar muitas outras situações que diferem a organização do Organismo, mas o conteúdo exposto é suficiente para levar a reflexão mais profunda daqueles que desejam verdadeiramente ser parte em comunhão com todos os demais integrantes do corpo de Cristo e assim produzir frutos dignos do arrependimento e proclamar a expansão do reino de Deus, estejam onde estiverem. Jesus Deu sua vida para salvar pessoas, não para construir imperiosas e imperiais instituições religiosas.

Pr. Eroni Fernandes.

Posted by:Eroni Fernandes

Empresário, Pastor, defensor de uma igreja MENOS INSTITUIÇÃO e mais IGREJA DE VERDADE, relevante, focada na missão e com dedicação à sua razão de existir: Evangelizar e levar paz, alívio e salvação ao seu redor, expandindo na sua redondeza e alcançando o mundo.

2 respostas para ‘Não confunda sua Denominação religiosa com a Igreja verdadeira!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s