A IGREJA EM SEUS PRIMÓRDIOS PODE TER MACHUCADO MUITA GENTE  e isso pode ser obstáculo hoje a essa conversa. Ir ou voltar para a IGREJA não é a primeira coisa que precisamos convencer nossos filhos a fazer, como é o que muitas mães entendem e insistem com seus filhos. A primeira coisa seus filhos precisam é assumir compromisso com JESUS e tomar a decisão de servir a ele independente de lugar e aí então a igreja “cabe” em suas vidas, com tudo aquilo que possa ter até de errado na sua visão primeira.

Muitas mães que criaram seus filhos na igreja e estes que tão logo tornaram-se independentes a deixaram, tornam a expressão mais ouvidas por estes: FILHO: VOCÊ PRECISA VOLTAR PARA A IGREJA. Isso muitas vezes é conversa que até repele os filhos de perto da sua mãe ou pai, porque  provavelmente estes tem traumas de infância ou juventude que justifica sua reação negativa.

O Evangelho cresceu acontecendo nas casas e na vida das pessoas e estabelecendo o relacionamento com Deus como base principal da prática da fé cristã e em seguida vieram as igrejas nas vidas das pessoas.

Quando colocamos a Igreja como ponto principal, restauramos a mente da á condições traumáticas e isso a torna repelente à ideia, tornando-se automático e muito fácil a pessoa se negar, colocar objeções, encontrar defeitos, pessoas que erram,  e esquivar-se de qualquer conversa nessa direção, pois qualquer igreja, seja a denominação ou corrente de fé que seja, é feita e dirigida por pessoas, que erram, que tomam decisões erradas, que muitas vezes não são amorosas como deveriam ser, no passado já pode ter sido recheado de radicalismos e interpretações erradas da bíblia, coisas normais quando trata-se de seres humanos.

Essa é uma discussão que não é produtiva, e provavelmente não dá em nada, então a melhor coisa a dizer e fazer é: Filho: Você precisa de JESUS, independente da igreja, volte a se relacionar com ele, ter intimidade com ele, se entenda novamente com ele e receba ele em seu coração da sua forma e deixa ele resolver todas essas dúvidas e traumas como você.

As pessoas não precisam de uma igreja, elas precisam de Jesus! Se relacionando com ele, passo seguinte será a igreja, mas a inversão da ordem que muitos tentam fazer, não da certo. Quando a pessoa recebe e se relaciona com Jesus de forma particular, logo a grandeza e o amor dele em seu coração, faz com que a igreja caiba tranquilamente em sua vida, mesmo com todos os seus problemas. Após isso, o relacionamento com Deus se fortalece e como as mães falam, e oram muito: Os filhos voltam para a IGREJA, mas isso não é o mais importante nem a primeira coisa a fazer. Eles recebendo Jesus em seu coração, o restante tudo se encaminha na melhor forma totalmente dirigido por ele.

PR. Eroni Fernandes

Posted by:Eroni Fernandes

Empresário, Pastor, defensor de uma igreja MENOS INSTITUIÇÃO e mais IGREJA DE VERDADE, relevante, focada na missão e com dedicação à sua razão de existir: Evangelizar e levar paz, alívio e salvação ao seu redor, expandindo na sua redondeza e alcançando o mundo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s