Regras que não fazem sentido doutrinário, moral e nem social e obviamente não se vê razões para sua existência numa igreja.

As tradições nos usos e costumes ligados ao vestuário são capazes de produzir elementos dignos de comédia sob a crítica da sociedade atual, pela incoerência com o que significa santidade e vida cristã.

Regra básica: A igreja deve ser um agente de combate a qualquer imoralidade ou práticas que incitem ou estimulem ações para tal. Na prática: A exposição do corpo da mulher é sabidamente mais tentador a atração do olhar lascivo do sexo oposto, que o contrário, contudo, é comum mulheres poderem ocupar normalmente púlpitos e atividades em cultos com as vestes normais admitidas pelos costumes da sua igreja, mas que expõe partes sedutoras de seus corpos, extremamente atrativas e até provocativas, tais como como saias bem mais curtas, decotes, roupas justas, transparências, etc. Todas essas práticas são normalmente admitidas nas igrejas e de normalidade mesmo sob seus púlpitos.

A incoerência aparece quando por exemplo, líderes ou membros da mesma igreja que admite situações como as descritas acima, não admitem que um homem mesmo em sua própria casa, use uma bermuda totalmente decente, mostrando muito menos de suas pernas e partes do corpo que o costume habitual das mulheres de sua igreja.

Regras como essa, analisadas dentro do conceito social e bíblico de cuidados com a exposição do corpo, da provocação e tentação ao pecado do sexo oposto que que a bíblia instrui para se ter cuidados, são totalmente inexplicáveis, ininteligíveis e inadequadas para qualquer cérebro na sociedade atual e obviamente acaba sendo motivo de chacota, rotulação jocosa para a igreja e o evangelho, além da exposição ao ridículo dos praticantes e tendo como pior consequência, que é extremamente prejudicial a sua missão, o fato de tornar-se um obstáculo para alcançar e manter convictas e felizes na igreja, aquelas pessoas minimamente instruídas.

Aos controversos, podem tentar explicar social ou biblicamente qual a razão que as partes inferiores das pernas dos homens é mais lascivo que qualquer parte exposta do corpo de uma mulher… Apenas uma tradição que não faz mais sentido nem nexo na atualidade justifica isso.

Quando tratamos de igreja, salvação e eternidade, precisamos levar mais a sério e sermos mais profundos no que defendemos e no que ensinamos para as pessoas como sendo necessário para servir ao Senhor, senão prestamos um desserviço ao propósito que fomos chamados.

 

Pr. Eroni Fernandes

Posted by:Eroni Fernandes

Empresário, Pastor, defensor de uma igreja MENOS INSTITUIÇÃO e mais IGREJA DE VERDADE, relevante, focada na missão e com dedicação à sua razão de existir: Evangelizar e levar paz, alívio e salvação ao seu redor, expandindo na sua redondeza e alcançando o mundo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s